Games

Final secreto de Payday 2 desbloqueado 5 anos após lançamento

Depois dos jogadores passarem 5 anos a tentar encontrar o final secreto de Payday 2, apenas para esbarrarem em inúmeros becos sem saída, eis que o misterioso final foi finalmente desbloqueado.

O Rock, Paper, Shotgun reporta que o YouTuber GeneralMcBadass publicou um vídeo onde mostra aos jogadores como desbloquear o final. Para chegar lá, terá de reunir vários colecionáveis, todos eles adquiridos através de missões separadas, e depois decifrar algumas runas.

Mais especificamente, os jogadores têm de elaborar um disco com as runas, que é construído a partir de quatro componentes individuais. De seguida, terá de ser adquirido um medalhão e nove teclas específicas de um piano terão de ser tocadas. Cada jogador que o faça vai receber uma combinação diferente de runas, que correspondem a 20 de 50 possíveis achievements in-game, de objetivos específicos de diferentes mapas.

A partir daí, os jogadores terão de ativar a missão White House de Payday 2. Se cada jogador num grupo tiver completado os passos anteriores, uma certa pintura dentro da White House vai brilhar, permitindo com que seja removida, expondo uma parede que pode ser explodida. Isto conduz a uma porta de um cofre com mais runas, que terão de ser decifradas enquanto vagas infinitas de demônios vão aparecendo.

Assim que o código seja decifrado, os jogadores vão abrir a porta e receber alguma história da personagem Dentist, que depois terá de ser morto. Depois de colocar algumas barras de ouro Maia em tijolos específicos do chão, a sala ilumina-se como um concerto de rock, antes de desaparecer num halo branco.




Ao completar estas tarefas, os jogadores são brindados com uma cena live-action que dura mais de 7 minutos, seguida de um longo epílogo em forma de texto. No final, tudo termina com referências a vários personagens in-game, que os jogadores acreditam desvendar uma ligação sobrenatural entre a personagem Bain e o Presidente dos Estados Unidos.
Fonte: Ign.
Postado a .
Por Mark.
Tags: