Conheça The Boys, nova série de super-heróis da Amazon
#Séries
Conheça The Boys, nova série de super-heróis da Amazon
Quando pensamos em super-heróis a primeira coisa que vem em nossas mentes são pessoas altruístas, que lutam pelo bem, dispostos até mesmo a sacrificar suas próprias vidas. Mas se tais seres existissem na vida real, seriam realmente assim? A série The Boys explora justamente essa ideia, com uma visão nada idealística dos super-heróis.

The Boys foi uma série de quadrinhos publicada originalmente entre 2006 e 2012 pela editora Dynamite Entertainment. Na história, os heróis não são tão perfeitos e altruístas quanto estamos acostumados a ver em outras editoras, como Marvel e DC. Aqui, eles geralmente costumam agir por interesses próprios ou em busca de fama, enquanto tentam manter uma imagem de bom cidadão diante das câmeras.

Algum cidadão acabou morrendo durante um combate com um vilão? Sem problema, foi apenas um dano colateral, cabe ao pessoal do marketing e aos advogados darem um jeito de limpar a imagem do herói diante do público e manter os parentes das vítimas quietos.

Vídeo do YoutubeMDZydWV1X2ZoMzA=
Para tentar manter esses heróis sob controle, a CIA cria uma equipe chamada The Boys para monitorar eles. A equipe é composta por Billy Carniceiro, Fêmea, Leite Materno, Terror, e o mais novo membro, Hughie Mijão, o qual teve sua namorada brutalmente morta por um herói durante um combate contra um vilão.

Uma subtrama focada na super-heroína Annie January também se desenrola ao mesmo tempo. Annie é uma heroína novata, a qual só deseja ajudar os outros, mas acaba se chocando quando descobre a verdade sobre a cruel realidade do mundo dos super-heróis ao se juntar a maior equipe de heróis do planeta.

The Boys é uma série que não tem medo de chocar o leitor, não poupando na hora de mostrar imagens violentas e sexuais. Desmembramento, decapitação e violência sexual são coisas comuns na série. Muitos dos personagens são paródias de heróis de outras editoras, com o principal inimigo dos Boys sendo uma versão deturpada da Liga da Justiça.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Antes de ser parte da Dynamite Entertasinment, a série era publicada pela Wildstorm, um selo da DC Comics, mas acabou sendo cancelada, pois a DC não estava gostando do tom anti-herói presente na história. De acordo com Garth Ennis, o escritor da série, esse cancelamento acabou sendo uma coisa positiva, pois a Dynamite deu uma liberdade maior do que a DC Comics jamais permitiria.

A premissa de The Boys não chega a surpreender, já que Garth Ennis sempre demonstrou desgosto pelas histórias de super-heróis, preferindo personagens mais pé no chão. Apesar de ter afirmado que acha a maioria das histórias de super-heróis ridículas e sem sentido, ele acreditava que há potencial para o gênero, citando os trabalhos de Alan Moore e Warren Ellis como dois bons exemplos. Para ele, o maior problema é a demanda do público, sempre querendo mais dos personagens coloridos e felizes, com histórias continuando infinitamente, nunca tendo um fim, fazendo com que não tenha um real crescimento dentro da história. Toda vez que trabalhou com uma série de super-heróis, Garth tentou subverter o gênero.

Agora, sete anos após o final dos quadrinhos, a série irá ganhar uma adaptação para a TV pelas mãos da Amazon. A série irá estrear em 26 de julho no serviço Amazon Prime Video, com a primeira temporada tendo oito episódios. Pelo trailer, podemos ver que a adaptação não terá medo de ser tão chocante quanto os quadrinhos. A série será dirigida por Eric Kripke, o criador de Supernatural, e Seth Rogen. Karl Urban, Jack Quaid, Laz Alonso, Tomer Kapon, Karen Fukuhara e Erin Moriarty estarão nos papéis principais.
Postado a .
Por ViniSD.
ViniSD
Tags: