Notícias

Tencent ajudou a polícia chinesa a prender 120 criadores de trapaças de PUBG

Embora a versão chinesa de PUBG da Tencent ainda não tenha sido lançada na região, a editora já está ajudando para acabar com o problema de trapaças no jogo.

A desenvolvedora PUBG Corp está em parceria com a gigante chinesa Tencent para obter a aprovação de PUBG na China, o estúdio disse que frear a epidemia de trapaças no país será um dos benefícios do acordo com a Tencent.

Pelo visto, parece que esses esforços já estão em andamento, já que a Tencent ajudou a polícia chinesa a descobrir 30 casos e prender 120 pessoas ligadas a criação clandestina de trapaças, conforme relatado pelo Bloomberg.

O relatório aponta que muitos trapaceiros chineses usam as próprias tabelas de classificação de PUBG como forma de divulgar seus cheats. Muitas vezes, você verá nomes com números QQ (QQ é um serviço de bate-papo na China, também de propriedade da Tencent) entre os dez melhores, ao qual os jogadores podem usar para obterem as trapaças.

Os preços dos cheats variam, um vendedor estava oferecendo por 100 yuan (US$ 15) e outro aconselhou seus clientes a "manter o controle e manter suas mortes dentro de 15 pessoas por jogo".

As trapaças continuam a ser um dos maiores problemas enfrentados em PUBG atualmente, e pode ser a queda do jogo se a PUBG Corp não encontrar uma maneira de controlá-la.
Fonte: Vg247.
Postado em .
Por Mark.
Tags: